CONHEÇA NOSSO BLOG
26Jul
Convivendo com os difíceis

Convivendo com os difíceis

Compartilhe!

Em qualquer grupo que freqüentamos, encontramos tipos diferentes de pessoas. No ambiente de trabalho, é necessário aprender a relacionar-se com esses traços de personalidades difíceis, mesmo que superficialmente. Segundo a revista Psychology Today, alguns estereótipos difíceis foram identificados. Com certeza, a descrição de cada um deles o fará identificar pessoas da sua convivência que se encaixam no perfil.

O hostil leva tudo para o lado pessoal quando é contrariado, o suscetível é sensível à rejeição, preocupado com a desaprovação alheia, real ou imaginária, e o neurótico faz uma tempestade diante de qualquer conflito e o egoísta só enxerga o próprio umbigo. Lidar com cada um deles é uma habilidade necessária. Para isso, seguir alguns conceitos é fundamental para a convivência harmônica na empresa. A comunicação deve ser lógica, curta e objetiva, e o foco da conversa deve ser nele, não em você.

Além disso, tentar qualquer tipo de diálogo emocional ou tema polêmico é desperdício de tempo e perigoso. Não tente convencer pessoas com estes perfis de seu ponto de vista. Aceite-os como são. Segundo a psicóloga Harriet Lerner, especialista em relações explosivas, muitas vezes o problema só existe na cabeça do gestor. “Todos nós temos assuntos sensíveis em nossas vidas, e lidar com determinado tipo desperta lembranças ruins”.